A A A

Miguel Pereira - Rio de Janeiro

Por Editoria em 23/04/2008 | 0 comentários

Clima frio no meio da serra no inverno e sol no meio da serra no verão. Essa é Miguel Pereira. A história de Miguel Pereira, na região serrana do Rio de Janeiro, se confunde com a de Vassouras e Paty do Alferes, já que nasceram e cresceram muito juntas, e à expansão do café no vale fluminense e do Rio Paraíba do Sul.

Criada pela necessidade de um novo caminho do Tinguá, por Garcia Paes, Miguel Pereira teve dois outros nomes: Barreiro e Estivada. Logo, pessoas se fixaram nos pontos de passagens em pequenas várzeas. As fazendas de café se expandiram por todas as direções da vila com a intenção de fazer a terra de Miguel Pereira progredir economicamente.

Outros fatores do progresso foram a fundação da Fazenda da Piedade de Vera Cruz (1770) e a construção da capela do Padroeiro Santo Antônio (1898), quando os primitivos colonos da vila que ainda se chamava Barreiro ergueram humildes casas e pequenos comércios, fazendo com que exploradores chegassem ao local e motivasse a criação da Freguesia de Nossa Senhora de Vassouras em 1837.

Miguel Pereira, como todas as cidades que baseavam sua economia no café, sofreu um grande declínio econômico com a abolição da escravatura. Mas também recebeu alguns benefícios e desenvolvimento urbano, que impulsionou ainda mais o lugar com a expansão da estrada de ferro Leopoldina que, partindo de Javari, na Baixada Fluminense, atingia o Rio Paraíba do Sul.

Isso estimulou o nascimento de povoações que abrigavam, inclusive, os próprios trabalhadores da ferrovia, que ganharam uma vila residencial do Governador Portela. Isso fez com que houve um grande desenvolvimento na sede distrital de Miguel Pereira. Somente em 1955, os municípios que circulam Vassouras foram emancipados e Miguel Pereira finalmente virou distrito.

Ecoturismo em Miguel Pereira - Existe muito o que fazer nessa pequena cidade serrana. A maior parte das atividades de Miguel Pereira, está no Lago do Javari, lugar perfeito para as crianças e casais. Trata-se de um grande lago com uma rústica ponte ligando as duas extremidades. Além das caminhadas, há também a opção de andar a cavalo pelas trilhas que existem por todas as partes.

Ainda falando de água, o Rio Santana, de águas frias e transparentes, corta todo o município de Miguel Pereira e forma diversas praias e piscinas naturais ao longo de sua extensão, formando algumas quedas d + CHAR(39) + + CHAR(39) + + CHAR(39) + água.

Uma delas é a Queda D + CHAR(39) + + CHAR(39) + + CHAR(39) + água do Roncador, com cinco metros de altura, formando uma piscina natural rodeada por ipês-amarelos, flamboyants e imbaunas. Outra queda é a Queda D + CHAR(39) + + CHAR(39) + + CHAR(39) + água Monte Líbano, com vários saltos, piscinas e duchas naturais.

Em Portela existe a Lagoa das Lontras com altitude de 400m. Lá, tem a Queda D + CHAR(39) + + CHAR(39) + + CHAR(39) + água Santa Branca, no rio do mesmo nome, possui diversas quedas, sendo as maiores de tres metros, duchas e piscinas naturais, formado por águas claras e amenas.

Atrativos culturais de Miguel Pereira - Poucos sabem, mas em Miguel Pereira existe o Museu da Cachaça. Lá, cachaças de desde o nascimento da bebida se encontram envelhecidas e expostas, além de ter um salão com quase todos os rótulos de cachaças. No fundo, um antigo alambique mostra como a bebida era feita no início do século.

Também, espalhadas pela cidade, estão diversas fazendas cafeeiras mostrando de forma fiel como a produção do café era feita na cidade. Também contando a história de Miguel Pereira, o Museu do Núcleo Histórico Ferroviário mostra com seu acervo, os tempos áureos da ferrovia, inaugurado em 1987.

Outras cidades do Rio de Janeiro

São Pedro da Aldeia

Nova Friburgo

Rio Bonito

Maricá

Araruama

Barra do Piraí

Angra dos Reis

Petrópolis

Paraty

Búzios

Rio das Ostras

Cabo Frio

Rio de Janeiro

Saquarema

Publicidade:

Imóveis em Santos, São Vicente e Praia Grande é no www.ImovelBaixadaSantista.com.br

Tags: miguel  pereira  clima  frio  serra  sol  historia  vassouras  portela  paty  alferes  fazendas  cafe  turismo   

0 comentários

Postar um comentário »

Postar comentário

Login:

Fechar


Registrar-se | Esqueci meu login/senha